Retrospectiva 2018: relembre os grandes campeões da temporada

Retrospectiva 2018: relembre os grandes campeões da temporada
janeiro 11 09:12 2019 Imprimir este Artigo

Foram dez campeões diferentes em 16 competições organizadas pela CBF. Confira a lista de quem gritou “É campeão” em 2018.

A temporada do futebol brasileiro 2018 chegou ao fim com dez campeões diferentes entre as competições organizadas pela CBF. O time que mais levantou a taça foi o São Paulo, que conquistou o Copa do Brasil Sub-20, a Supercopa Sub-20 e o Brasileirão de Aspirantes. Logo depois vem o Palmeiras com dois títulos nacionais: o Brasileirão no profissional e no Sub-20. Junto do Verdão, o Fortaleza foi campeão da Série B e da Copa do Nordeste Sub-20.

O estado mais vitorioso do ano passado foi São Paulo, com seis taças conquistadas por São Paulo, Palmeiras e Corinthians. O Ceará vem em segundo lugar, com três troféus levantados por Fortaleza e Ferroviário. Minas Gerais, Paraná, Maranhão e Distrito Federal tiveram uma conquista.

Relembre aqui os campeões do ano de 2018 das competições da CBF.

Soberano: São Paulo é campeão três vezes

A primeira conquista do Tricolor no ano foi a Copa do Brasil Sub-20, em junho. A campanha do título começou diante o Brasil-RS e passou por Chapecoense, Vasco, Palmeiras até chegar na decisão contra o Corinthians. No primeiro jogo, derrota por 2 a 1 na Arena Corinthians. A volta, no Morumbi, uma vitória por goleada de 4 a 0 e o terceiro troféu do torneio.

O segundo título do São Paulo veio no Brasileiro de Aspirantes, no final de Novembro. Na primeira fase da competição, o time se classificou na segunda posição do Grupo A de forma invicta. Na etapa seguinte, seguiu sem perder e passou como líder do Grupo C. Na semifinal, contra o Coritiba, duas vitórias: 3 a 0 e 1 a 0. Por fim, a decisão contra o Internacional manteve o retrospecto invicto da equipe. O São Paulo venceu por 1 a 0 e 2 a 1.

A última conquista tricolor aconteceu logo depois do Aspirantes, quando foi campeão da Supercopa Sub-20 em cima do Palmeiras. No primeiro jogo, o São Paulo venceu no Morumbi por 4 a 3. A partida de volta, disputada no Allianz Parque teve vitória dos donos da casa por 2 a 1, levando a decisão para os pênaltis. O goleiro Júnior foi o grande nome da conquista, defendendo a cobrança de Wesley. Com o troféu, o Tricolor Paulista também garantiu vaga na Libertadores 2019 da categoria.

Alviverde Imponente: Palmeiras conquista o Brasileirão em duas categorias

Decacampeão brasileiro. O maior vencedor do Campeonato Brasileiro chegou a sua décima conquista em 2018 depois de uma campanha impecável. A equipe oscilou no começo da competição, mas terminou como o time mais que venceu, que menos perdeu, com o melhor ataque e a melhor defesa. Além disso, ficou invicto da 16ª até a última rodada do Brasileirão. O título do Palmeiras foi confirmado na penúltima rodada, contra o Vasco, com gol de Deyverson.

E a base vem como? Também vem forte. Além de ser campeão brasileiro no profissional, o Verdão levantou a taça no Sub-20. A campanha do título começou de forma invicta na primeira fase, terminando na primeira posição do Grupo B. A única derrota do Alviverde na competição aconteceu na fase seguinte, no qual também se classificou como líder do grupo. Na semifinal, contra o Fluminense, vitória por 2 a 0 no primeiro jogo e empate por 1 a 1 na volta. E, para fechar, duas goleadas na decisão contra o Vitória: 4 a 1 e 5 a 2.

Leão do Pici: o rei do Nordeste

Um ano pra lá de especial para o torcedor do Fortaleza, que pôde comemorar dois títulos na temporada. Depois de tanto sofrer para conseguir o acesso à Série B, o time já chegou sendo campeão. Líder durante 36 rodadas, a campanha do Tricolor não deixou nenhuma dúvida. Foram 21 vitórias, oito empates e apenas nove derrotas. A caminhada comandada pelo técnico Rogério Ceni rendeu ao Leão o primeiro título nacional de sua história.

O segundo troféu do Fortaleza no ano veio na base. A equipe foi campeã da Copa do Nordeste Sub-20 em uma decisão emocionante. A campanha começou com 100% de aproveitamento na fase de grupos. Na semifinal, empate por 1 a 1 com o River-PI e vitória nos pênaltis. Na final, contra o Bahia, um roteiro de filme. O jogo estava empatado em 1 a 1 até os 38 do segundo tempo, quando Caio fez um golaço de falta e colocou os baianos na frente. No entanto, o Leão ainda teve forças para se recuperar e empatou aos 40, com Victor Cariri. Nas penalidades, vitória por 4 a 2 e o título do Nordestão Sub-20.

Cabuloso: Cruzeiro se torna o maior campeão da Copa do Brasil

Pela sexta vez, a estrela do Cruzeiro brilhou mais alto na Copa do Brasil. E, com a conquista, a Celeste se tornou o maior vencedor do torneio nacional. Esse foi o segundo título seguido da Raposa, que levantou a taça em 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017. Um dos principais pontos da campanha deste ano aconteceu nas quartas de final, na decisão emocionante contra o Santos que terminou nos pênaltis e com a consagração do goleiro Fábio. O ídolo cruzeirense defendeu três cobranças e classificou o time para a semifinal. Depois de passar pelo Palmeiras, o Cruzeiro foi campeão em Itaquera, vencendo o Corinthians por 2 a 1.

O Trem-Fantasma: Operário é campeão da Série C

Se ganhar um título nacional é bom, imagina dois seguidos. Campeão da Série D em 2017, o Operário repetiu a dose neste ano conquistando a Série C. A caminhada até a taça começou a ser construída na fase de grupos, quando o time de Ponta Grossa/PR se classificou na segunda posição do Grupo B. Nas quartas de final, eliminou o Santa Cruz. Contra o Bragantino, na semifinal, vitória nos pênaltis com grande atuação do goleiro Simão. Na final, o Fantasma foi campeão diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, e novamente o paredão foi o herói.

Histórico: Ferroviário conquista o primeiro título nacional da capital cearense

O primeiro time a levantar uma taça na capital cearense foi o Ferroviário. Antes do Fortaleza se consagrar campeão da Série B, o Ferrão conquistou a Série D do Brasileirão. O ano de 2018 foi mágico para o torcedor da Ferroviário, que além de gritar “é campeão”, também viu o clube fazer história na Copa do Brasil, e chegar até a quarta fase. A campanha do título terminou em Campina Grande, na Paraíba, contra o Treze. Depois de vencer em casa por 3 a 0, a equipe cearense perdeu por 1 a 0 no jogo da volta, mas ficou com o troféu.

O campeão dos campeões: Corinthians conquista o Brasileirão Feminino A-1

As meninas do Timão entraram para a história do clube neste ano. O Corinthians foi campeão do Brasileirão Feminino A-1 pela primeiras vez. A campanha começou de forma invicta e com a liderança do Grupo 01. Na fase seguinte, duas vitórias sobre a Ponte Preta. Já a semifinal, contra o Flamengo, dois jogos equilibrados e emocionantes. Na partida de ida, derrota por 2 a 1 na Gávea. No confronto de volta, vitória por 4 a 2 no Parque São Jorge. Por fim, na decisão diante do Rio Preto, 1 a 0 para o Timão no primeiro jogo e uma goleada por 4 a 0 no segundo confronto.

Troféu na Capital: Minas Icesp-DF é campeão do Brasileirão Feminino A-2

Logo em sua primeira participação, a equipe do Distrito Federal conquistou o título do Brasileiro Feminino A-2 e disputará a primeira divisão em 2019. A campanha começou ainda na fase preliminar, onde o Minas Icesp-DF venceu o Canindé por 10 a 0. Depois, na etapa de grupos, o time passou em segundo lugar do Grupo 14. Na semifinal, contra o 3b Sport-AM, vitória no primeiro jogo por 2 a 1 e empate na volta por 1 a 1. A final contra o Vitória foi decidida nos pênaltis, e a goleira Kris defendeu a última cobrança da equipe rubro-negra e deu o título para o Minas Icesp-DF.

Bolívia Querida: Sampaio Corrêa conquista a Copa do Nordeste

O Tricolor Maranhense fez história neste ano ao levantar pela primeira vez o título da Copa do Nordeste. A caminhada iniciou com uma classificação em segundo lugar no Grupo D, depois passou por Vitória e ABC até chegar na decisão contra o Bahia. No primeiro jogo, o Sampaio Corrêa venceu no Castelão por 1 a 0. Na partida de volta, o goleiro Andrey brilhou e segurou o ataque baiano, garantindo o 0 a 0 e a conquista inédita.

Papão de títulos: Paysandu é campeão da Copa Verde pela segunda vez

Três finais e dois títulos nos últimos três anos. Esse é o retrospecto recente do Papão da Curuzu na Copa Verde. Em 2018, o Paysandu levantou a taça pela segunda vez em sua história, diante do Atlético-ES. A campanha passou por Interporto-TO, Santos-AP e Manaus-AM. Foram seis vitórias e dois empates no torneio. Na decisão, venceu por 2 a 1 no Espírito Santos e ficou na igualdade por 1 a 1 no Mangueirão.

A final da Copa do Brasil Sub-17, que foi adiada por questões médicas, será disputada no próximo dia 21 de dezembro. O primeiro jogo entre Flamengo e Fluminense terminou 1 a 1.

E-Brasileirão

A CBF ainda organiza o principal campeonato virtual de futebol do país. O E-brasileirão reúne players de todo o país que se inscrevem para participar de seletivas e representarem os 20 clubes que disputam a Série A. Neste ano, quem levou a melhor foi o Cruzeiro, representado por Henrykinho, bicampeão do E-brasileirão. Confira como foi a etapa final da competição.

Fonte: Assessoria CBF

  Article "tagged" as:
  Categories:
Ver Mais Artigos

Sobre o Autor do artigo

Redação Diarioi
Redação Diarioi

Ver Mais Artigos