TSE registra 15,6 mil fraudes em títulos de eleitor

TSE registra 15,6 mil fraudes em títulos de eleitor
março 06 15:03 2017 Imprimir este Artigo

Mais de 15,6 mil fraudes foram identificadas pelas Justiça Eleitoral entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas.

Esse número indica eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

Entre os estados com maior número de fraudes estão Alagoas (2.188), São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022.

  Article "tagged" as:
  Categories:
Ver Mais Artigos

Sobre o Autor do artigo

Redação Diarioi
Redação Diarioi

Ver Mais Artigos